Notícias

Semae inicia cobrança de dívidas
e abre possibilidade de negociação

 

O Semae – Serviço Municipal Autônomo de Água e Esgoto de Rio Preto está encaminhando, nesta terça-feira, via Correio, boletos de cobrança de 29.010 contas inadimplentes, num total de R$ 143.357.722,79 de dívidas de serviços de água e esgoto com a autarquia. Atualmente, o Semae tem um total de 159.240 usuários cadastrados.

 

As cobranças começam a chegar esta semana nas casas dos inadimplentes. A dívida deve ser quitada ou negociada até o dia 7 de dezembro. Caso contrário, os usuários cujos débitos não foram ajuizados poderão ser inscritos na dívida ativa, ter as dívidas ajuizadas e sujeitos a serem encaminhados para protesto. Aqueles que já têm débitos ajuizados irão para execução judicial e poderão ser encaminhados para protesto.

 

O usuário que for negociar sua dívida deve fazê-lo no Poupatempo, localizado na rua Antônio de Godoy, 3.003, centro ou no Ganhatempo, localizado Shopping Cidade Norte (entrada 3).  Se a pessoa que for negociar a dívida não for a proprietária do imóvel, ela deverá levar uma procuração autorizando a negociação. As dúvidas poderão ser tiradas pelo 0800-7706666.  

 

Segundo o superintendente do Semae, Nicanor Batista Jr., a falta de pagamento da conta de água e esgoto prejudica todos os usuários. “A autarquia se mantém da receita arrecadada com as contas de água e esgoto. Quando alguém deixa de pagar, esta pessoa está diminuindo a capacidade de investimento do Semae. Isso interfere na saúde financeira da autarquia e na qualidade do serviço prestado”, declarou.

 

Evite o corte

O corte de serviços de abastecimento de água é medida extrema, que o Semae adota em casos de inadimplência, sobretudo em situações como débitos em valores elevados, consumos habitualmente excessivos ou em reiterado não-pagamento de contas.

 

A interrupção do fornecimento de água por inadimplência pelo Semae cumpre as diretrizes da Lei Federal 11.445/07 (Diretrizes Nacionais de Saneamento Básico). Segundo a legislação vigente, a interrupção do fornecimento de água deve acontecer até 90 dias depois do vencimento da conta que ainda estiver em aberto. Esse prazo é fixado pela Justiça, por meio de lei federal, que não pode ser alterada pelo Município.

 

Antes disso, o Semae utiliza serviços de contato telefônico e abordagem por aviso na própria conta, que trazem menos ônus do que a remessa de cartas pelos Correios, alertando o usuário de que há débitos a serem saldados e do risco do corte no abastecimento.

 

A inadimplência é computada nos cálculos de reajuste de tarifa, de modo que a permissividade com os consumidores que atrasam o pagamento de suas contas onera a todos os usuários, já que isso pode refletir em um índice maior no aumento anual da conta. Por isso, o Semae desenvolve permanentemente campanhas de conscientização do uso racional da água e da importância do pagamento em dia das contas. Assim, o preço de seus serviços será justo, possibilitando novos investimentos.

 

Roteiro do corte

 

O Semae emite mensalmente 160 mil contas de água e esgoto. Caso a conta não seja paga, depois de um mês a autarquia faz a notificação corte, na própria conta, para a quitação. Em média, são encaminhadas 20 mil notificações. A maior parte é quitada.

 

O passo seguinte é o contato telefônico. São 7 mil avisos de corte. Passados 50 dias, o Semae emite 3 mil ordens de cortes e dá mais 5 dias de prazo para a quitação da conta. Depois de todas essas etapas, é feita a execução do corte do fornecimento de aproximadamente 1.500 contas. 

Serviço:

Poupatempo

Endereço: Rua Antônio de Godoy, 3.003, centro.

Horário de funcionamento: Segunda a sexta-feira., das 8 às 17 horas e aos sábados, das 8 às 13 horas

Ganhatempo

Endereço: Shopping Cidade Norte (entrada 3), avenida Alfredo Antônio de Oliveira, 2077, Jardim Planalto

Horário de funcionamento: Segunda a sexta-feira, das 10 às 19 horas e aos sábados, das 10 às 15 horas 

Callcenter: 0800-7706666